Somos realmente livres?

0 Comentário
469 Visualizações

Antes da reforma protestante, a Igreja Católica era como uma mediadora das nações na Europa. Com essa mediação, as guerras eram relativamente controladas. Após a reforma, aconteceram guerras cada vez mais devastadoras [1]. A política do equilíbrio de poder não funcionava mais; os povos não tinham mais o poder mediador e acreditavam em seu próprio poder.

Como resolver a questão da paz? Precisava-se de um novo poder moderador, porém não se admitia que fosse a Igreja Católica [2]. Surgiram algumas propostas de um governo mundial: desde a Liga das Nações no século XX até a criação da ONU em 1945. Algumas Fundações também trabalhavam a hipótese de um governo mundial para promoção da paz, visto que os investimentos que faziam em causas beneméritas eram destruídos cada vez que acontecia uma guerra [4].

Para conseguir êxito na implantação do governo mundial, surgiu a necessidade de desenvolver uma nova sociologia, uma vez que o senso de identidade nacional não permitiria que a população aceitasse facilmente esse tipo de coisa. A sociologia passou a não mais apenas estudar o comportamento humano, mas a modificá-lo [5].

Pela via sociológica, cria-se um domínio sobre o comportamento das pessoas e elas acabam fazendo o que o dominador quer. Há uma concordância coletiva. Gradativamente, perde-se a individualidade, a garra por lutar pelas coisas em que se acredita. Tudo vai ficando igual. Observe como isso já acontece: todo mundo escuta as mesmas músicas, veste os mesmos tipos de roupas, quer as mesmas coisas, usa as mesmas gírias. Todos têm a mesma conduta, uma conduta de massa. As pessoas se acham livres, mas estão sendo manipuladas sem se dar conta.

A censura politicamente correta está construindo uma ditadura. Para combater isso devemos estar atentos: fazer um exercício constante e analisar o que está em nós, mas não nos pertence. É necessário identificar quais comportamentos são influenciados por superestruturas geradas pela sociologia. Não podemos nos deixar dominar – precisamos defender a verdade, ainda que sejamos os únicos.

 

1.https://alunosonline.uol.com.br/historia/religiao-guerras-camponesas-na-alemanha.html

2. https://www.cafehistoria.com.br/paz-de-vestfalia-marco-%E2%80%8E/

3.https://www.dw.com/pt-br/1946-fim-da-liga-das- -na%C3%A7%C3%B5es/a-306975

4.https://operamundi.uol.com.br/politica-e-economia/22677/hoje-na-historia-1945-e-fundada-a-organizacao-das-nacoes-unidas

5.https://pt.zenit.org/articles/temos-que-mudar-o-lema-de-patria-educadora-para-familia-educadora-padre-paulo-ricardo-na-camara/

Luciana Leszczij Calistro

Membro do Núcleo de Estudo e Formação


E quando a democracia se torna uma ditadura?

“Muitos odeiam a tirania apenas para que possam estabelecer a...

Deixe seu comentário