A importância da inocência em uma criança

0 Comentário
1365 Visualizações
Imagem: Unsplash

 

Podemos verificar que o significado de “inocência” no dicionário é “desprovido de malícia; excesso de ingenuidade; pureza”. Entendemos que seria uma qualidade daquele que é incapaz de praticar o mal.

Encontramos esta inocência nas crianças, como vemos no evangelho de Mateus 19, 13-14:

“Então, trouxeram-lhe algumas crianças, para que lhes impusesse as mãos e orasse por elas. Os discípulos, contudo, os repreendiam. Mas Jesus lhes ordenou: Deixai vir a mim as crianças, não as impeçais, pois o Reino dos céus pertence aos que se tornam semelhantes a elas”.

Porque será que Nosso Senhor Jesus Cristo quis que toda pessoa fosse semelhante a uma criança? A resposta é muito simples: se fossemos como uma criança, seríamos inocentes e, por consequência, não praticaríamos o mal e assim estaríamos afastados do pecado e mais próximos de Deus.

A criança que tem esta inocência consegue reagir como Deus e sentir como Deus, pois como tem a ausência do pecado, não se apega às coisas materiais e assim contempla a simplicidade, como relata Mons. João Scognamiglio Clá Dias, em sua obra “O Dom de Sabedoria na mente, vida e obra de Plinio Corrêa de Oliveira”:

Quando uma criança tem a inocência como companheira inseparável, ela está sempre aberta aos panoramas sobrenaturais. Criada por Deus e para Deus, sua alma possui uma espécie de imã que a faz sentir-se atraída por Ele e ir à procura da verdade, do bem, do belo e do unum ocultos por detrás das coisas que a rodeiam. (2016, p. 39-40).

Outro questionamento que nos surge, então, é quem será o responsável por manter esta inocência nas crianças e até a adolescência e a vida adulta. Pensamos e afirmamos que seria responsabilidade da família – grupo de pessoas formadas pelo casamento de um homem com uma mulher e sua prole. Os pais devem, principalmente na infância, em primeiro plano repassar às crianças os valores morais da religião cristã católica e vigiar todos os seus passos, desde um simples programa de televisão até a educação que lhes é dada nas escolas. Em certas situações, o ideal seria que a criança fosse educada em casa pelos pais, no sistema de ensino domiciliar, também conhecido como homeschooling.

É um dever de todo cristão católico lutar para manter a inocência nas crianças e, por consequência, conduzi-la na sua fase adulta a busca da santidade.

Núcleo Estudo e Formação

Casa Pró-Vida Mãe Imaculada


OS SANTOS INOCENTES E A ATUAL CULTURA DA MORTE

Comemoramos, neste dia 28 de dezembro, a festa dos Santos...

EUA COM NOVO PRESIDENTE? SE SIM, GRANDE DERROTA PARA A VIDA

Dá-se a entender que Joe Biden vai mesmo assumir a...

Deixe seu comentário