O pesadelo das universidades

3 Comentários
707 Visualizações

 

E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. – João 8:32

O que antigamente era motivo de orgulho e satisfação, atualmente pode virar um grande pesadelo, para pais cristãos: permitir que seus filhos ingressem em Universidades, sejam elas estaduais ou federais.

Esse medo não é exagero, pois em média 80% dos jovens cristãos que ingressam nas Universidades abandonam a fé, mudam radicalmente seus costumes, tornam-se ateus ou ativistas de esquerda, defensores de insanidades como o feminismo, ideologia de gênero e o aborto. Imagine a tristeza, e como é difícil para os pais, ver se perder o filho que foi criado com princípios éticos e morais, pautados na fé cristã – fé milenar que sustenta a civilização ocidental; fé que é odiada, perseguida e vilipendiada por comunistas, radicais islâmicos e meta-capitalistas, que lutam para destruir e colocar em seu lugar a religião que atenderá à nova ordem mundial ou ao utópico e imaginário mundo perfeito.

Nossos filhos entram na Universidade e passam pela engenharia social proposta pelos doutrinadores ideológicos que estão à frente das salas de aula. Enquanto nós estamos em casa temerosos, os marxistas, comunistas e esquerdistas estão ocupando um espaço que é nosso, pago com o dinheiro dos nossos impostos. Somos presas fáceis e, ao que parece, não temos feito nada para mudar essa realidade. Temos que fazer alguma coisa, não podemos perder nossos filhos para o submundo da militância socialista, travestida de uma falsa justiça.

Podemos colocar um fim a essa doutrinação maldita e salvar nossos filhos. A resposta é o conhecimento, o conhecimento é libertador. Uma família que está alicerçada na fé e busca o conhecimento da verdade poderá fazer frente a toda essa força maléfica. Mesmo que seu filho vá para a Universidade, se ele for detentor da verdade que há por trás de todas essas ideologias, e estiver firme na oração e na fé, não será cooptado. Temos que enfrentar tudo isso, precisamos ocupar espaços. Vamos estudar, buscar a verdade, não nos conformemos com toda essa situação. Vamos resgatar o que é nosso, vamos resgatar os nossos filhos.


Educação Domiciliar em Tempos de Pandemia

Chegando a quase 140 dias desde o primeiro caso do...

Deixe seu comentário