“Valeu muito a pena dar um sim à vida”, afirma jovem que desistiu de abortar

0 Comentário
480 Visualizações

“Eu descobri que estava grávida e, assim, eu era sozinha, morava sozinha, não tinha muito contato com o pai do meu filho. Eu pensava em tomar remédio para abortar, queria tirar de uma vez e me livrar.

Eu falava que queria abortar, mas tinha dó, às vezes eu até conversava com meu filho. Contudo, no mesmo instante pensava que era muito nova – 19 anos. Eu não daria conta de ter um filho, seria pior se ele viesse ao mundo, melhor morrer do que vir ao mundo para ficar sofrendo, tinha muito medo.

Até que uma amiga indicou o trabalho da Casa Pró-Vida e decidi ter a criança, comecei a arrumar o enxoval e a Casa me ajudou com tudo. Nessa época, eu saia com o pai do bebê de vez em quando, não era namoro, nem nada.

Eu contei para o pai da criança e ele falou que não era dele, porque não estava namorando, nem nada. Foi assim até meu filho nascer, aí fiz um exame de DNA. Até então ele não tinha me ajudado em nada, depois do DNA começou a ajudar e agora estamos casados.

Valeu muito a pena dar um “sim à vida”, acho que nenhuma criança merece isso. É difícil, mas no final tudo vale a pena, você vê o sorriso do teu filho e fica tudo bem, é a melhor coisa do mundo. Sou muito grata à Casa que me ajudou e até hoje me ajuda.”

Testemunho concedido à Casa Pró-Vida Mãe Imaculada

Entrevista por: Marcia Elizandra Faustino


MINISTÉRIO DA SAÚDE E ABORTO: NOVA PORTARIA

Noticiamos, com alegria, a Portaria 2282, publicada em 28 de...

GEORGE SOROS

Dia 12 de agosto de 2020 foi instituído como o...

Deixe seu comentário