SUPREMA CORTE AMERICANA REVOGA DECISÃO QUE PERMITIA O 4B0RT0 NO PAÍS

1 Comentário
28 Visualizações

A Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu no dia 24/06/2022 que o 4b0rto não é uma garantia constitucional. Embora a decisão não represente uma proibição ao @ss@ss1n@t0 de bebês naquele país, já que cabe a cada estado da federação poderá decidir por si sobre a questão, é um passo fundamental para, aos poucos, desmantelar definitivamente a cultura da morte que prevalece e lucra muito com a morte de inocentes.

A decisão Roe x Wade, julgada e aprovada pela Suprema Corte dos EUA em 1973, dava permissão para a realização de abortos no país, por qualquer motivo nos seis primeiros meses ou a qualquer tempo em caso de risco à vida da gestante. Após a aprovação, o número de 4b0rtos no país cresceu exponencialmente, chegando a 63 milhões de vidas ceifadas em 49 anos.

O processo Roe x Wade foi uma imensa trama de cooptação, para gerar uma jurisprudência mais favorável ao aborto. A então gestante, Norma Mccovery (cognome Jane Roe na demanda judicial), por não ter conseguido no estado do Texas a realização do procedimento, foi orientada a afirmar falsamente ter sido vítima de violência sexual.

Leia mais AQUI sobre a vida de Norma Mccovery, que depois de tudo isso se converteu

Nestas décadas da legalização do @b0 rto nos EUA uma geração de pró-vidas lutou arduamente para derrubar essa injustiça e viu seu sonho ser realizado nesta nova data que entra para a história do movimento pró-vida. Com a nova decisão, milhões de bebês serão salvos da morte.
Em desespero pelo que sabiam que iria acontecer, os defensores do @ss@ss1n@t0 de bebês tentaram impedir o processo. No mês de maio, foi vazado um rascunho sigiloso dos votos dos juízes. Iniciaram-se então as pressões e ondas de vandalismo levadas à cabo pelos movimentos “pró-escolha” do país, visando desta forma, dar notoriedade e promover pressões para que a decisão de revogação não pudesse acontecer. Juízes e seus familiares foram até mesmo ameaçados de morte.
Não obstante tudo isso, no dia do Sagrado Coração de Jesus, os juízes não recuaram e decidiram por revogar Roe x Wade.

Leia mais AQUI e também AQUI a implicância de tudo isso para o Brasil


Uma batalha sem fim, mas vale à pena

Recentemente houve uma vitória próvida nos EUA, quando a Suprema...

Valorizar o que importa

Eu fiz uma cirurgia no ombro que me obriga usar...

Deixe seu comentário